Minha Filha Diabética

Uma vida mais doce após o diabetes tipo 1!

Lembranças do passado…

4 Comentários

… fomos viajar nesse final de semana. Foi a primeira vez depois da bomba de insulina que passamos 3 dias na piscina. E foi bem curioso.

Minha experiência com praia e piscina nunca foi legal. Tinhamos que diminuir muito a basal e ficar correndo atrás dela e verificando a glicemia e mesmo assim tinhamos valores bem baixos, perto do 40mg/dl, então pra mim, esse tipo de evento, nunca foi prazeroso. De noite tinha que medir sempre, a cada duas horas pois a glicemia sempre baixava mais do que de costume. Era preocupação constante. Ter sempre comida por perto, carboidrato de rápida absorção…. era um estresse permanente. Ficava prestando atenção pra ver se ela saia do mar ou da piscina em bom estado… Enfim… foram experiências marcantes e que eu acabei descobrindo nesse final de semana que elas ainda estavam muito presentes em mim…

Nesse 3 dias a Vittoria não teve nenhuma glicemia abaixo de 70. Ficou o dia todo na piscina e eu preocupada com as hipos. Sempre perguntando se ela estava bem, se queria comer, se queria medir a glicemia. Não descansei. Passei as madrugadas medindo porque sempre baixava muito.

Domingo, quando voltamos, fui passar os valores pro “papel” e percebi que me estressei a toa. Os números estavam ótimos. Mesmo com piscina o dia todo, com batata-frita, brincadeiras que a deixaram com medo as glicemias ficaram boas!! …. E a preocupação todinha (e à toa) na minha cabeça…

Essa bomba de insulina às vezes parece que faz milagres. Agora tenho que me acostumar novamente a ter passeios sem estresse. Sem correria. Sem surpresas.

Tô louca pra marcar o próximo e poder relaxar realmente.

 

 

Anúncios

4 pensamentos sobre “Lembranças do passado…

  1. Sabe Nicole, lendo a sua postagem parei para pensar um pouco, acho que as vezes a gente se preocupa demais… Aqui em casa agora tá uma calma, que as vezes até eu assusto, fico perguntando pro João se ele tá bem, fico checando as glicemias qdo ele mesmo mede, tem hora que ele até fica irritado.. Vou me policiar para “dar” mais espaço para ele. Afinal eles precisam disso né, ter confiança e a gente procurar ficar “menos estressada”, não sei se é bem essa palavra…
    Mas enfim vamos que vamos hehehe mãe é maé..
    Beijocas

  2. Temos que aprender a também aproveitar mais e tirar um proveito pessoal das novas terapias.
    É tudo que espero aprender!

  3. Olá Nicole, tudo bem?
    Uma dúvida: como vocês fazem com a bomba, nesta situação de piscina / praia / água em geral?
    Tudo de bom para vocês
    Gustavo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s