Minha Filha Diabética

Uma vida mais doce após o diabetes tipo 1!

Vamos voluntariar? Evento – ADJ/SP

1 comentário

Como já comentei outras vezes, caí de paraquedas na ADJ na primeira semana de diagnóstico e tive a oportunidade de já conhecer adultos com diabetes e passar por uma nutricionista! Isso me ajudou muito porque a primeira médica que fomos era uma senhora de 275 anos que disse que eu estava fazendo absolutamente tudo errado. E ela não tava falando de diabetes. Tava falando da maneira que eu cuidava das minhas filhas!

Duda, eu e Vivi !

Duda, eu e Vivi !

Lembro que ela disse que criança não tinha que ter os mesmos horários dos pais. Tinham que acordar e dormir junto com o sol! Oi?
Tinha que tirar todo açúcar refinado, tudo que era industrializado, especialmente achocolatados e bolachas e…. me orientou a dar coca cola pra subir a glicemia quando em hipo! Oi??

Nada daquilo fazia muito sentido pra mim. E pensei… poxa… em pleno século 21… não é possível que não existe nada mais moderno que ir dormir com o sol e acordar com o galo, né! Não me conformava com as coisas que estava escutando. Me mandou ir a uma farmácia especializada em diabetes pra ter mais informação. Claro que não fui! Fiquei muito brava… e acabei conseguindo uma consulta com a nutricionista da ADJ antes de ir embora. Foi meio que no desespero mesmo mas soube que poderia continuar com a bisnaguinha (hoje eu abomino, ok?), nutella, etc… mas em quantidades menores e tal… saí com um plano alimentar que daria pra sobreviver enquanto voltasse pra Minas. Então desde o começo eu já soube, pela nutricionista, que não seguia a linha radical da médica e que pra mim era muito mais adequada que ela, que a Vivi não teria restrições alimentares e apenas um cuidado com quantidades e tal. Mas mesmo o chocolate nosso de cada dia poderia continuar existindo.

Isso facilitou muito a vida, concordam? Mesmo porque, no fim de mundo que eu morava, coisas DIET eram praticamente impossíveis de achar. Só adoçante mesmo. Enfim…… Acabei voltando pra SP e comecei a participar da ADJ. Dos eventos que rolavam lá e tal. Um ano depois disso, acabei criando um blog… meio que no desespero de encontrar gente como eu, de ouvir opiniões que não eram de profissionais da saúde e de fugir da crueldade que é digitar DIABETES no google e só encontrar complicações da doença.

Com o blog e em contato com as pessoas eu percebi o quanto eu era especial por ter acesso a ADJ. Era tanta informação bacana, tantos mitos colocados abaixo, sabe… que eu queria mais é que todos tivessem oportunidade de ter o mesmo acesso que eu. Foi mais ou menos assim que surgiu o blog… e junto com isso, uma gratidão imensa a essa associação que me ajudou muito a encarar as coisas sempre de forma leve e positiva, mostrando que o negócio era sério sim, precisava de cuidado mas que a vida continuava como antes… ou se bobiar, até melhor…..

Eis que surge em mim uma vontade de retribuir toda essa atenção que recebi e que foi fundamental no nosso começo de relacionamento com o Diabetes… E por participar de vários eventos e começar a ser uma carinha conhecida lá, me convidaram pra participar de um grupo de voluntárias…. e foi ótimo! Conheci um monte de gente bacana e ver que mais gente tinha acesso a tudo aquilo que eu tive, me fez muito bem!!!

Trouxe pra vocês o depoimento de duas mães que também são voluntárias na ADJ.

Elaine, mãe do Bruno, DM1 há 10 anos:

Elaine e Bruno

Elaine e Bruno

Descobrimos o Dm1 no Bruno da pior maneira possível entre vindas e idas de hospital e diagnóstico errado.. xaropes… antibióticos.. conseguimos descobrir a diabetes e passamos 1 semana na UTI.. saímos do hospital totalmente perdidos… fomos fazer tratamento no hospital São Paulo onde a médica nos indicou a Adj… que lugar maravilhoso… todas as nossas dúvidas e medos foram esclarecidos.. Participamos ativamente por uns 5 anos de todas as atividades da Adj... aprendemos muito.. fomos muito bem recebidos.. fiquei afastada por um tempo e voltei há 2 anos como voluntária. Graças a Deus meu filho tem uma vida normal trabalha faz faculdade.. namora.. nunca teve problemas nenhum em ter diabetes, lidou muito bem com isso..quem não lidou fui eu, somo nós… mães kkk por isso resolvi doar um tempo pra dividir o que sabia, nossas experiências e a aprender.. pra mim ser voluntária é dividir..somar e multiplicar…sempre temos alguém a quem confortar e alguém que nos ensine algo … amo muito participar de tudo isso…

Elizabete, mãe do Enzo:

10608983_689480371122309_878091627_nPara mim ser voluntário é poder compartilhar o que tenho de melhor…a princípio achava que não teria nada que poderia ser dividido, Hoje sei que não. Sei que quando passo algumas horas doando o meu tempo, e faço isso com amor é importante.Me sinto útil.

 

Pra ser voluntário da ADJ, basta querer. Você não precisa ser mãe, não precisa ter diabetes…. você só precisa querer!! Quando a gente quer, tudo se encaixa e até tempo a gente arruma!

Conheça mais sobre a ADJ – Diabetes Brasil e suas atividades nesse sábado, dia 16 e saiba como você pode ajudar a associação a continuar trabalhando!!!

10577078_10152577226292207_1771816815052144524_n

Anúncios

Um pensamento sobre “Vamos voluntariar? Evento – ADJ/SP

  1. Olá, Nicole tudo bem?
    Vi em seu blog uma infos de como conseguir que o Estado de insulina. Estou perdido e precisando de orientação. Minha mãe precisa utilizar HumalogMix25 e não estamos conseguindo pagar, estou recolhendo todas as documentações exigidas pelo Maria Zelia, mas já tive informação que não irei conseguir por eles, você sabe me informar como faço para acionar o Estado?
    Certo de seu retorno,
    Agradeço desde já.

    Felipe Pires.

    email para contato: ofelipepires@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s