Minha Filha Diabética

Uma vida mais doce após o diabetes tipo 1!

Encontro de Famílias DM1 no Rio de Janeiro – 22 de julho de 2012

5 Comentários

Fico realmente mexida quando vejo alguém como a Sarah, fazer o que fez e realizar um encontro desses sozinha. Sozinha que eu digo é sem apoio de associação ou patrocínio. Voluntários, amigos, pessoas que fazem o bem pelo bem se uniram para esse evento e ele foi incrível. Adorei fazer parte e sempre que possível espero estar junto. Parabéns, Sarah. Te admiro demais!

Atitude – A união faz a força – A vida em sociedade fica mais fácil se entendermos que dependemos uns dos outros para viver melhor – por Eugênio Mussak | fotos André Spinola e Castro

Trechos que explicam a importância da união, dos encontros, da troca de informação. Unam-se pessoas. Ninguém se dá bem sozinho. Unam-se. Independente de procedência, de sexo, de idade, de tratamento, de marcas usadas. Unam-se. Unidos somos mais forte. Sempre.

Mexa-se. Procure pessoas com a mesma meta, mesmo ideal, mesmo objetivo. Encontrem-se. Conversem. Troquem tudo que puderem. Se ajudem, se ouçam, se consolem. Compartilhem, somem.

“Embora tenhamos nossos próprios pensamentos e vontades, dependemos uns dos outros para sobreviver, como as células que começaram a viver amontoadas. Em outras palavras, retiramos nossa força dos outros, do conjunto, do coletivo. O macro imita o micro e, em todos os níveis da vida, não há a menor dúvida, é a união que faz a força.”

“Diferentes ficam iguais.Quando falamos em união de forças, não estamos nos referindo apenas à união de indivíduos iguais, que, por serem iguais, naturalmente se juntam. Os diferentes também se aglutinam e, dessa forma, se assemelham.

“O líquen é um exemplo de seres diferentes que se juntam para poder viver. Separados, morreriam rapidamente. Já os humanos são, em princípio, semelhantes, mas nem por isso se toleram, em função de suas pequenas diferenças. E é exatamente a intolerância com as diferenças que provoca a desagregação social e produz a fraqueza da humanidade. Hoje vivemos à sombra do fundamentalismo. E o que é o dito-cujo, senão a intolerância levada a extremos? O fundamentalista diz: “Eu o odeio, porque você não pertence à minha religião, à minha classe social, à minha nacionalidade ou à minha cor de pele”. E é o homem que é o ser racional? O líquen parece mais inteligente.”

“As ações individuais são essenciais, mas na maior parte das vezes é necessário um pouco mais do que isso para que se observem os grandes resultados. Aliar-nos aos outros nos faz mais fortes e nos deixa mais perto da vitória. Somos frágeis demais para desdenhar o apoio dos outros e desprezar a força do conjunto. O título-tema deste artigo fala por si, pois qualquer pessoa, com o mínimo de lucidez, sabe que a união faz, sem dúvida nenhuma, a força do ser humano.”

Adorei conhecer todos!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

5 pensamentos sobre “Encontro de Famílias DM1 no Rio de Janeiro – 22 de julho de 2012

  1. Nic desde que esse encontro aconteceu, deu uma sacudida.. tô acompanhando td desde o começo.. só de ler o post e ver as fotos estou com lágrimas nos olhos.. estou muito mais sensível a causa e sinto que preciso fazer algo tb..
    Desde muito antes do diagnostico do João, talvez desde sempre a minha filosofia de vida sempre foi fazer o bem, unir forças, ajudar o meu próximo, sem preconceito, sem esperar nada em troca..
    Mas não sei depois do dm, tudo ficou mais latente, sai da minha zona de conforto e não aceito mais permanecer nela, sei que posso dar mais de mim, fazer a diferença..
    O texto que vc escolheu fala por si , ações individuais tem o seu efeito positivo mas em determinado momento morre, é o momento de unir forças, aproximar os iguais e os diferentes tb, como citou.
    Podemos, podemos!!! Admiro demais vc, a Sarah, a Ana e tantas outra mulheres com M maiúsculo, vcs fazem a diferença, o momento chegou, estamos no caminho certo, as coisas estão acontecendo e vão acontecer muito mais.
    Podemos ter muitas alegrias nesse caminho, mas com certeza teremos muitas decepções também.. mas essas adversidades nos tornarão mais fortes ainda e unidas, pela igualdade de tratamento de todos.
    Estou pronta pra dar a minha cara a tapa e me unir com vcs, o que estiver ao meu alcance e além, pode ter certeza que vou fazer, podem contar comigo!
    Um beijo

    • Tudo tem sua hora Sil! E a sua vai chegar. Tem muitas coisas dentro da gente que precisam estar prontas. Eu demorei um ano pra aceitar o diabetes… e essa aceitação se deu quando criei o blog, 1 ano e 1 mês após o diagnóstico… e aí mais um tempinho pra frequentar a ADJ.

      Tudo no seu tempo!

  2. Concordo com o que a Amiga Silvia disse,alias ela falou tudo…
    Quero muito um dia ter a oportunidade de estar em evento como esses,ajudar os outros como sou ajudada,sei que esse momento vai chegar…Deus ainda me dará essa chance!
    O diabetes trouxe muitas coisas pra nossas vidas,muitas mudanças,claro…E trouxe tbm a oportunidade de ter espaços como esse para compartilhar as nossas dúvidas,angústias,experiências…
    Estou feliz e disposta a fazer o que for preciso pela causa DM,podem contar comigo tbm!
    Grande beijo Nicole,Silvia ,Duda e Vivi!
    Natália

  3. NICOLE, querida!como não tenho facebook, minha comunicação com vc é por aki mmo……só pra te contar da minha alegria de hj…a Marília deixou eu fazer a insulina no bumbum…..o único lugar que ela ainda não havia concordado……pra comemorar os 7 meses de diagnóstico e graças a Deus bom controle!!!bjo

  4. Vi no programa da Xuxa, meu filho também é DM1 E GOSTARIA MUITO de participar e ajudar de grupo assim . Gostaria de saber,quando será o próximo encontro? Um abraço mamãe Pâncreas. ♡

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s