Minha Filha Diabética

Uma vida mais doce após o diabetes tipo 1!

O papel da bomba de insulina…

Deixe um comentário

A Sarah me passou o link desse texto e achei que deveria divulgá-lo aqui! Talvez muitos de vocês já tenham lido, mas enfim. Vou colocar aqui as partes que achei mais interessante pra crianças, e o texto na íntegra, que vale muuuuito a pena ler, vocês leem AQUI.

Pontos mais importantes na minha leiga opinião:
1) SÃO OS PAIS E O MÉDICO QUE ACOMPANHA A CRIANÇA QUE DECIDEM SE A CRIANÇA DEVE USAR A BOMBA e não o governo, ou o médico do Hospital das Clínicas (no caso de SP)  que faz uma avaliação PÉSSIMA, rápida e num mau humor DO CÃO…. ou o juiz, que nem médico é.

2) Está CLARO QUE NÃO EXISTE IDADE MÍNIMA PRA BOMBA DE INSULINA. Na verdade, ABAIXO DE 6 ANOS, é a fase mais indicada para uso da bomba, justamente pelas microdoses, por poder diminuir a quantidade de insulina a qualquer momento e até parar o fornecimento por qualquer período que seja necessário… OU SEJA… esse papo do seu médico de que é cedo pra bomba de insulina É PAPO PRA BOI DORMIR… O que você realmente precisa é estar afim e decidido e com disponibilidade pra aprender…. entender de contagem de carboidratos e já ter feito aplicações de insulina em todas as refeições (junto com a contagem, que chama MULTIPLAS APLICAÇÕES). É isso…..

 Capítulo 6 – Dr. Walter José Minicucci
Dra. Solange Travassos de Figueiredo Alves

Uso da bomba de insulina em crianças

As vantagens farmacocinéticas das bombas citadas anteriormente são especialmente úteis na infância e adolescência. Diversas situações comuns nessas faixas etárias, como: a falta de regularidade na alimentação e na prática de atividade física, a maior freqüência de infecções virais, a dificuldade no reconhecimento de episódios hipoglicêmicos e a perda da precisão na administração de doses baixas de insulina, são mais facilmente manejadas com a terapia de infusão contínua. A possibilidade de redução ou mesmo interrupção da oferta de insulina, exclusiva deste tipo de terapia, facilita a prevenção e o tratamento das hipoglicemias e consequentemente reduz a ansiedade dos pais e cuidadores. Assim, o uso do sistema de infusão de insulina permite reduzir as restrições alimentares e melhorar o controle glicêmico nesta população, diminuindo o risco de hipoglicemia e melhorando a qualidade de vida, tornando-se uma opção terapêutica importante para este grupo de pacientes (14).

Segundo Kaufman, essa terapêutica deve ser considerada uma alternativa viável em crianças de qualquer idade. (15) 

Abaixo listamos as indicações da Academia Americana de Pediatria para o uso desta terapêutica em crianças(16).

RECOMENDAÇÕES E CONCLUSÕES DA AMERICAN ACADEMY OF PEDIATRICS QUANTO AO USO DA BOMBA DE INSULINA EM CRIANÇAS

Todas as crianças portadoras de diabetes, independentemente da idade, devem ser consideradas como candidatas potencialmente elegíveis para a terapia com bomba de insulina.

-A decisão de implementar a terapia com bomba de insulina em crianças deve ser de exclusiva responsabilidade dos pais e dos médicos assistentes, sem qualquer interferência das entidades pagadoras.

-Os pais devem ser plenamente informados sobre o que esperar e o que não esperar dessa modalidade terapêutica, a fim de que tenham expectativas realistas sobre esta opção, algumas vezes apresentada pela mídia leiga como uma alternativa simples e descomplicada para contormar os problemas do diabetes em crianças.

-São critérios de elegibilidade para a utilização de insulina em crianças: pais motivados, com aderência ao tratamento do diabetes e familiarizados com contagem de carboidratos, tratamento anterior com multiplas injeções diárias de insulina, aceitação pela criança da realização de 6 a 9 testes diários de glicemia.

-Um período de treinamento prático sobre o uso adequado da bomba de insulina deve ser conduzido para habilitar os pais e cuidadores das crianças ao uso correto da bomba de insulina.

-Em comparação às crianças maiores e aos adolescentes, as crianças abaixo de 6 anos com dibetes representam uma população particularmente especial em função da necessidade de uso de opções terapeuticas capazes de proporcionar a maior flexibilidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s