Minha Filha Diabética

Uma vida mais doce após o diabetes tipo 1!

“Só existem dois tipos de diabéticos, os vivos e os mortos! “

7 Comentários

Mamães, que assim como eu são os pâncreas de seus filhos, podemos colaborar e muito pra que nossas crianças cresçam sabendo a importância de se cuidar. Não desistam, peguem no pé, sejam exigentes e firmes. Não dizem que é de menino que se torce o pepino? Pois então… eis a chance.

Fonte:

http://www.unidospelacriancadiabetica.com.br/hotsite/depoimentos_2.php

Ricardo Sampaio Fernandes
Nascido em 22/02/1955
Diabético tipo 1 diagnosticado em 22/02/1960

Em 1989 com 34 anos, surge uma retinopatia não proliferativa tratada com laser.
Em 1991 se torna proliferativa, degenerativa e fui desenganado quanto à visão. Fui para Boston me tratar na Joslin e na Retina Association, onde também se constatou uma nefropatia significativa… Foi feita uma pan fotocoagulação.
Me apavorei! Com 35 anos em plena ascendência profissional e desenganado!

De onde deveria vir esperanças só apareciam “tijoladas”, o mais renomado endocrinologista sugeriu que comprasse uma bengala branca e me preparasse para hemodiálise.
Em um misto de revolta e espanto comecei a pensar na estrutura do problema. Estudei muito. Consultei e conversei com todos e tudo que estivessem ligados a pesquisa de patias diabéticas.
Não demorou em perceber que a única coisa a se fazer era exatamente a única que poderia ajudar. Controle absoluto da doença!
Minha revolta com os médicos me afastavam deles, mas me aproximava das pesquisas. Essas eram bem claras no sentido que o controle deveria surgir da imitação do funcionamento do pâncreas pelos meios disponíveis.
Foi o que fiz, comecei a imitar o funcionamento de um organismo não diabético. Só me alimentava fazendo glicemias e corrigindo sistematicamente. Eram 4 aplicações de NPH, 8 de R, além de 10 glicemias pelo menos! Alimentação fixa, sempre a mesma quantidade de calorias por dia.

Hoje isso tem até nomes, chamam de bolus, basal e contagem de CHO… Utilizei os mesmos princípios em 1991!
Comecei a surpreender os médicos! Primeiro as patias se estabilizaram e começaram uma regressão lenta e progressiva. Hoje elas inexistem, desapareceram…
Em 2004/5 ainda existiam vascularizações na minha retina, embora discretas. Fui incentivado por uma amiga e endocrinologista a utilizar a bomba “injetora” de insulina.

Foi um significativo salto na qualidade do meu tratamento. Tudo que fiz no passado baseado em suposições, hoje faço apoiado por fatos!
Estou vivendo a doença ao contrário! Primeiro por desleixo desenvolvi todas as patias e agora estou conseguindo regredá-las.
A duras penas, entendi uma coisa que deixo para vocês:

Só existem dois tipos de diabéticos, os vivos e os mortos! Acontece que existem muitos diabéticos mortos que ainda estão vivos, mas é só uma questão de tempo. Não há para onde correr…

Anúncios

7 pensamentos sobre ““Só existem dois tipos de diabéticos, os vivos e os mortos! “

  1. Muito bom , não é!?!?!?! Sou fã do Ricardo!!!!

  2. Eu tb sou fã dele…e olhe que conheço ele bem pouco…rs…

  3. Prezado Ricardo
    É incrível como a sua história se parece com a da minha esposa! Ela também teve sérios problemas de saúde (nos olhos, rins e neuropatias) devido a uma diabetes mal cuidada, e os médicos disseram que muitos dos danos eram irreversíveis. Eis que, 3 anos depois após rígido controle, muita coisa mudou, e muita coisa que disseram ser irreversível está se revertendo. Cada dia é uma conquista nova. O corpo humano é um mistério…
    Abraço, tudo de bom
    PS – não falei que cada dia é uma conquista nova? Acabamos de receber o resultado de uns exames de sangue feitos na semana passada….glicada de 6!!!! Marca inédita!!!!!

  4. Muito boa a história. Vou replicar no meu blog!!! Todos tem que ver que quando o assunto é Diabetes só depende de nós!!!

  5. Desculpe falar mas um tanto quanto forte a frase.. não gostei..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s