Minha Filha Diabética

Uma vida mais doce após o diabetes tipo 1!

O poder transformador das redes sociais para a convivência com diabetes

1 comentário

Veja a matéria inteira aqui: https://www.accu-chek.com.br/br/especiais/comportamento.html

Obrigada Vanessa Pirolo por mais essa oportunidade !

Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.”
Voltaire

Os meios de comunicação estão cada vez mais interativos. A comunicação possibilita que as pessoas se organizem, definam objetivos, executem tarefas, compartilhem ideias, tomem decisões e resolvam problemas. Mesmo sem saber, o escritor e filósofo Voltaire não imaginava o poder que as palavras poderiam ganhar com a criação da internet e das redes sociais.

Segundo pesquisa realizada no fim do ano passado pelo Ibope Nielsen e Interactive Advertising Bureau Brasil, 54% dos usuários brasileiros de redes sociais costumam visitar as páginas mais de uma vez ao dia e, em sua maioria, fazem isso de casa, o que corresponde a 98%.

Com tamanha diversidade de mídias, como Orkut, Facebook, Twitter, Linkedin, entre muitos outros, abrem-se possibilidades para o aprendizado em rede, o que já ocorre há mais tempo e com sucesso em países como Japão e Inglaterra. Nos espaço virtual, muitos grupos com o mesmo interesse se formam nas redes sociais, o que propicia  aprendizado e compartilhamento de informações.

Este foi o caso da professora Nicole Lagonegro, mãe da Maria Vittoria, 7 anos, dois anos e meio com diabetes tipo 1. Nicole criou a comunidade Minha Filha Diabética_SP no Facebook com o intuito de “trocar informações do dia a dia com pessoas que também tenham filhos com diabetes ou que também tenham a condição, compartilhar novidades, além de tirar dúvidas, trocar experiências e buscar conforto com alguém que passa pela mesma situação”, afirma.

Nicole utiliza as redes sociais há cerca de oito anos e se identifica mais com o Facebook, por conseguir encontrar pessoas que tenham o mesmo propósito de compartilhar as informações. Além disso, é uma das participantes mais atuantes do espaço Bate-Papo Diabetes, criado pela Dra. Bibiana Colenci. Os usuários compartilham as informações e tiram dúvidas com outras pessoas com diabetes e com médicos que estão afiliados à comunidade, via chat em tempo real.

Além disso, Nicole possui o Blog Minha Filha Diabética no endereço:https://minhafilhadiabetica.wordpress.com/. Costuma utilizar a página como um diário para documentar o dia a dia de sua filha e sua relação com o diabetes. Já seu twitter http://twitter.com/minhafilhadiabe é mais utilizado para chamar a atenção da sua rede de contatos para o blog e, ao mesmo tempo, contatar pessoas e associações de seu interesse.

Por meio das redes sociais, Nicole tem consciência que já ajudou muitas pessoas, pois sempre indica associações, médicos conhecidos que atendem pacientes com diabetes, tira dúvidas sobre a condição e explica como conseguir os insumos pelo governo.

Além disso, quando decidiu que sua filha iria utilizar o Sistema Accu-Chek Combo, popularmente chamado de bomba de insulina da Roche, conseguiu solucionar as dúvidas por meio das redes sociais, principalmente pelo Blog.

Anúncios

Um pensamento sobre “O poder transformador das redes sociais para a convivência com diabetes

  1. oi.tudo bem?
    meu nome é gislaine e tbm tenho diabetes.gostaria de conhecer melhor vc e saber como e seu tratamento enfim coisas que só um diabetico quer saber do outro.bjs
    espero sua resposta t+

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s