Minha Filha Diabética

Uma vida mais doce após o diabetes tipo 1!

Vídeos do programa ETC da TV Aparecida sobre Diabetes 14/02/2011

11 Comentários

Estão aí, até que enfim! E eu não sou tãaao nariguda como tá parecendo aí! E peço desculpas por alguma gafe.. e gente fica nervosa e acaba falando besteira!! Prestem bem atenção a tudo que a Fernanda falar, ela é muito boa!!!

Minha participação foi bem pequena. Quando o foco do programa é Diabetes de um modo geral, acaba-se falando mais sobre o tipo 2, que é a maioria da população diabética. Não desmerecendo o tipo 1, que é tão importante quanto!

Nessa segunda parte, eu comentei sobre os insumos. Realmente eu recebo tudo. Nunca faltou nada no posto de saúde. Lá eu pego 200 seringas infantis, 200 lancetas e de 200 a 250 tiras reagentes todo mês religiosamente e um recipiente próprio pra descartar os insumos usados. Na farmácia do posto, retiro com qualquer receita médica, a insulina NPH e Humalog (rapida) em frasco, pois eles fornecem as seringas. Como a Vittoria não se adaptou à NPH, mudamos para a Levemir, de ação lenta, e essa eu recebo do governo do Estado através de processo administrativo.

E outra coisa, acho que não existe ‘diets’ !! O correto seria ‘refrigerantes diet’ ! Sorry!!

Nessa parte, eu achei que falhei quando comentei que nada funcionou. A homeopatia funcionou sim. Claro que eu não dei homeopatia com o intuito de curar o diabetes, mas ela ajudou no equilibrio o organismo como um todo, conseguimos controlar os níveis de cortisol, comprovado com exame de sangue, que meio que bloqueiam a ação da insulina, por isso acontece do diabético estar estressado, ansioso, e isso libera o cortisol que inibe a absorção da insulina, causando sempre uma hiperglicemia. Então, a homeopatia ajudou SIM nos controles, e ainda ajuda!!

Espero que gostem!

Anúncios

11 pensamentos sobre “Vídeos do programa ETC da TV Aparecida sobre Diabetes 14/02/2011

  1. Ê até que enfim. Estava entrando todo o dia para ver se já estava lá. Vou assistir assim que chegar em casa. E independentemente de alguns errinhos bobos, PARABÉNS pela participação!!!

  2. Ai que SHOW!
    Parabéns Nicole, você nos representa muito bem. Espero ver você em mais programas que queiram falar sobre Diabetes.

  3. Parabéns Nicole, pela entrevista. Acho que você representou muito bem o mundo das pessoas que convivem com o diabetes. Entretanto, a realidade não é igual em todos os locais do Brasil por exemplo, na minha cidade localizada na zona da mata mineira nós não recebemos nem a metade dos insumos que como você mesma disse, pega religiosamente todos os meses. Aqui funciona da seguinte maneira, todos os DM1 têm direito a 2 fitas por dia, ou seja, são 100 fitas a cada 1 mês e meio uma vergonha, afinal como manter um bom controle com apenas 2 medições diarias? Seringas? Faz mais de ano que não recebemos. Insulinas apenas, a NPH e a regular. Enfim, como eu troquei de insulina a mais ou menos 6 meses a NPH pela Lantus eu fui até o posto e falei que precisaria de fazer mais medições, o responsável pela entrega falou que estavam sobrando fitas? Sobrando como assim? E ele me disse que algumas pessoas, que têm direito a estas fitas não estavam pegando com uma certa frequencia, ou seja, estavam sobrando fitas. Então eu disse, se tu não quer tem quem queira. Então, hoje eu pego 100 fitas por mês e após isto meu controle melhorou bastante. Sabe o que eu percebi, o que falta é informação, interesse da parte dos que convivem com o diabetes, pelo melhor controle da doença. Nesta troca de insulina entrei com um processo para conseguir a lantus de graça, até hoje não obtive resposta estou comprando a insulina assim como, a agulha da caneta. Compro também, a insulina Humalog que já corri atrás mas, os responsáveis do departamento de saúde do município me disseram que não há nem a papelada para dar entrada no processo. Sendo assim, meu gasto hoje com o diabetes fica no entorno de 350 a 400 reais por mês, isto só com os insumos. Enfim, eu posso bancar o tratamento e quem não pode como fica? Beijos
    Cristiane

    • Ah, Cristiane, eu sei que eu sou uma baita duma sortuda e confesso ficar as vezes sem jeito de dizer que eu só gasto a consulta do médico a cada três meses.
      Assim como você, já precisei comprar tudo e gastava por aí, perto de 500,00.
      Fico triste quando ouço histórias como a sua de puro descaso do governo, seja ele prefeitura, estado, federal…
      Acho que todos precisam lutar incansavelmente até conseguir o que é de direto, mas tentar outras alternativas.
      Como disse aqui no blog, as agulhas que minha filha usa, eu troco por seringas…
      Existem muitas pessoas fazendo doações de insumos, e tudo é feito pelo correio.
      Inclusive insulinas, são enviadas via sedex, num recipiente de isopor com gelinhos sintéticos.
      Eu infelizmente não sei como é o procedimento pro processo administrativo aí em Minas Gerais, mas posso tentar descobrir.
      Não desista… veja na Defensoria Publica, informe as pessoas que não tem acesso á informação de que o advogado publico tá aí pra isso e que quanto mais encher o saco, mais chances das coisas acontecerem…

      O governo governo distribui insumos pra diabéticos tipo 1 como se fossem tipo 2, que medem a glicemia com menos frequencia, e conseguem um bom resultado com a NPH… temos que fazer barulho e mostrar pra eles que o tipo 1 e o tipo 2 são completamente diferentes e exigem tratamentos diferentes, a única coincidência, é o nome, diabetes…

  4. Nicole
    Obrigada por estar lá representando nós… mães de crianças diabéticas!!!! Queria que vc fosse apresentada como mãe,! Blogueira? Ok, mas pela sua coragem, força, amor e dedicação, com certeza vc é antes de qquer coisa MÃE. Parabéns querida, não se preocupe nunca se errou e sim que esteve lá. Gde bj Renata

    • Pois é… eles quiseram me ‘classificar’ como blogueira, mas eu estava lá representando as MÃES !!
      Eu também não gosto de ser chamada de blogueira… Fazer o quê, né!!! É por aqui que eles me acham, são nos relatos que se interessam, então o blog acaba sendo a melhor qualificação!
      Enfim… o que importa é ter alguém falando sobre o tipo 1, mesmo que pouco, e dizendo que as crianças são muuuito felizes e que as mães enlouquecem um pouco mas dão conta do recado!!!

      Um beijo Renata!

  5. OPA vai ter Fantásico? Não vou perder!
    Que pena ver que a diabetes é generalizada pela do tipo 2, só Deus sabe como nós mães de diabéticos tipo 1 sofremos até controlarmos a doença, que durante um bom tempo é ela quem nos controla. Hoje de madrugada a Júlia teve uma hipoglicemia de 44, fiquei um pouco doida, pois ela estava bem agitada, apesar de já ter passado por uma um pouco mais grave, hipo é sempre hipo, principalmente quando vemos o quanto isso afeta nossos filhos. Ela tem três anos, nem sabe o que tem, não compreende bem ainda, já sabe que não pode comer coisas com açúcar, que o açúcar é só para quando ela estiver “fraquinha” (com hipoglicemia), mas é complicado. Com tudo sou abençoada minha filha é ótima e acho que ela lida muito bem com tudo isso por ter apenas três anos.
    Mas sempre que passo por uma hipoglicemia dessas com ela, volto a realidade, dá um desespero e as vezes um cansaço.

    Um beijo.
    E vamos a luta!

    • Criança pequena pode ser fácil em algumas coisas, né… acho que se adaptam mais facilmente a nova rotina, porem, não entendem muito bem o que acontece, as aplicações devem ser mais complicadas, mas nada como o nosso amigo e fiel companheiro TEMPO !!! Ele resolve tudo.

      Sim, vai ter um documentário do Drauzio Varella no Fantástico logo mais, assim como foi o da AIDS em Janeiro. Eles falarão sobre os dois tipos de diabetes, e a Vittoria foi uma das personagens do tipo 1. Foi filmado em abril, mas fiquei sabendo que teve uma pequena mudança e entrou mais sobre tipo 2….

      Vamos aguardar!

  6. Parabéns Nicole! Só consegui assistir hoje. É que aqui nossos horários são guiados pelo relógio do Miguel. Fralda, mamadeira, papinha, soninho… E assim a gente vai, entre uma aplicação de insulina aqui e uma troca de fralda ali, a gente consegue dar uma olhadinha no blog dos amigos.
    Adorei a iniciativa, é isso aí. Concordo com a Renata tinha que ser mãe e blogueira. Mas valeu muito. Ah se todo canal de tv fisesse um bate papo desses, as coisas iam começar a clarear na cabeça do povo que ainda joga tipo 1 e tipo 2 num mesmo saco de gatos… Parabéns, ah adoramos a cor do teu esmalte. Eu e a Catarina somos fãs de esmaltes…
    Beijos, Simone.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s