Minha Filha Diabética

Uma vida mais doce após o diabetes tipo 1!

Comentário sobre o test drive da bomba na filha de 5 anos!

12 Comentários

Recebi um comentário e tenho a obrigação de divulgá-lo !!! Obrigada Renata!!! Participe mais contando sua experiência com a Bomba.. ajudará muita gente por aqui!

Oi Nicole… essas bombas estão mesmo pirando nossas cabecinhas!!! A Malú (5 anos – DM1 a 18meses) começou dia 17/01 a testar uma bomba (Meditronic), tirando os primeiros empenhos de fazer 12 até 14 dextros por dia (e noite), ok um absurdo… ; agora está td uma maravilha. Glicemias maravilhosas; não teve picos (sim ela saía de 50 p/ 300 e de 300 p/ 50 facilmente, ) e está muuuuuuito feliz. A psico dela está feliz, o médico mais ainda e eu totalmente feliz. A gente pensa mil bobagens: que dói, que faz hipo grave, que perde o catéter, etc, até agora ela enroscou o catéter 1 vez, trocamos e td ok, ficou na piscina 1h e meia, recolocamos e.. ok. Média glicêmica nestes 10 dias???? 108, gostou né!!!
Dica amiga: a Malú é bem magrinha (15kg) a primeira colocação foi na barriga, doeu e ela chorou, reclamou, nas seguintes usamos um anestésico tópico (EMLA), tudo de bom, nenhuma dor. Apenas tem de retirar td o produto e depois limpar com alcool 70. Se quiser saber mais, vai ser um prazer… Usaremos a bomba 1 mês, e aí compraremos a nossa!!! Nossa pque este é um investimento “familiar”… Bj, Renata

Anúncios

12 pensamentos sobre “Comentário sobre o test drive da bomba na filha de 5 anos!

  1. Muito bom saber!!! Mais um incentivo para minha decisão….

  2. Bom dia pessoal!

    Eu gostaria de saber qual é o custo mensal em média dos insumos para utilização da bomba, essa é uma informação que falta no mercado. Ouvi dizer que em média se gasta R$ 1.000,00 por mês, gostaria de saber se é isso mesmo.
    Se alguém puder me ajudar fico muito agradecida.

    Um abraço.

    • A representante que esteve aqui disse que pra essa bomba COMBO fica 650,00 por mes!

      Mas lembre-se que vc tem o direito de receber pelo governo.

  3. Dá para se pensar no caso.
    Mas você sabe qual a melhor forma de se entrar com um processo, se através da defensoria pública, do AME, ou advogado particular. Meu receio é que tem muita gente ganhando esses processos, e um mês depois o estado recorre e não fornece mais.
    Obrigada pela sua atenção em passar informações.
    Um abraço.

  4. repassando:
    Doce Vida Farmácia Oi Nicole! Conheço algumas pessoas que usam bomba aqui em Santa Catarina com tudo subsidiado pelo governo. Sei que estas pessoas tem que entrar na justiça todas as vezes que finaliza o contrato de fornecimento, que pode ser de 1 ano. Elas estão usando bomba a anos com tudo pago

  5. repassando mais um:

    Valéria Frisina: Oi, Nicole, eu sou a Valéria, mãe da Amanda hoje com 12 anos e diabética desde os neve. Nós compramos uma bomba de insulina Medtronic para a Amanda e temos conseguido insulina e insumos do governo. Conseguimos via advogado, hoje temos um mandato judicial através do qual recebemos os insumos e a insulina. Mas, devo dizer, o governo está recorrendo e por enquanto, todo mês falta alguma coisa. Mas, não abrimos mão do que vem, ficamos ligando lá, indo, cobrando e quando precisa, recorremos à advogada para que ela corra atrás e faça cumprir a lei. Não devemos jamais abrir mão da lei que protege os diabéticos. Um abraço a todos

  6. Olá Nicole e outros amigos e amigas que vivem e vivenciam DM1 tds os dias e em td que fazem… Estes dias tem sido especialmente bons para nós aqui em casa, minha doce Malú está muito feliz, ontem no jantar ela disse “acho que essa bomba tem alguma coisa que me deixou mais feliz”…
    Optamos pela bomba por não termos uma A1C boa (estava em 8.1) e por termos uma imensa variabilidade glicêmica, lógico que as hipos são meu maior tormento (o recorde foi 27!!! Gritando muito, aterrorizada, taquicárdica, olhos parados, parecia não me ouvir) mas foram vários fatores que nos levaram à bomba. No test drive não estou gastando quase nada, só comprei a insulina, mas já recebí a proposta de aquisição da bomba mais minilink e insumos mensais, posso dizer que é um absurdo!!! Vamos raspar a panela e tentar; pois pra conseguir judicialmente teríamos de comprovar hipossuficiência (não essa não é a nossa velha e conhecida hipo).Vamos levando pra ver como vai ficar. Abraço em tds

  7. Nossa pessoal quanta informação boa, obrigada a todos que postaram aqui no blog da Nicole, e com tanta rapidez. Muitas informações boas e úteis para todos nós com certeza. Vou conversar com a Endócrino da Julinha e tentar o processo pelo AME. Eu já ia tentar esse processo, mas ia tentar das insulinas, tiras reagentes, agulhas para caneta e etc. Aqui em São Vicente eles não fornecem LANTUS que é a insulina que melhor controlou o diabetes da Julinha. E com essa informação da bomba que a Nicole postou aqui, eu gostei muito, fiquei muito interessada mesmo, a Julinha tem muita hipoglicemia, graças a Deus nunca teve uma AGUDA, mas já passamos um apuro na madrugada com glicemia=35 e ela em uma situação aterrorizante.
    Já que a bomba é o que tem de mais moderno, VAMOS A LUTA!

    Um abraço.

  8. Mais comentário sobre a bomba, agora de uma advogada diretora presidente da ADJ Ione Fucs: Antes da pessoa ingressar com ação judicial para requerer a bomba de infusão e ou/ os insumos, ela deve ter a indicação precisa do médico. Após, ela poderá requerer administrativamente a Secretaria de Saude do Estado.Se não conseguir receber de forma espontânea, aí poderá ingressar com a ação judicial comprovando a necessidade e a recusa. É normal que haja recursos da parte que perde mas isto não significa que o fornecimento do que se conquistou através da liminar seja interrompido.

    e eu perguntei: Uma mae comentou que vai comprar porque teria que comprovar hipossuficiencia pra conseguir receber do governo. É isso mesmo?

    Ela respondeu novamente: Crianças e adolescentes requererendo administrativamente e comprovando a necessidade mediante o laudo médico e outros documentos conseguem receber espontaneamente.

    e eu fiquei pensando que o direito das pessoas está acima do poder aquisitivo delas, não é?

  9. Oi Nicole!
    Estou pensando em colocar um bomba de insulina na minha filhinha. Ela tem 6 anos e é bem magrinha (16 kg). Faz diversos episodios de hipoglicemia e sempre que eu tento corrigi-los acaba por fazer uma hiper e o processo se repete como uma bola de neve.
    Gostaria de saber onde posso conseguir informacoes sobre modelos de bombas existentes no Brasil (Rio de Janeiro) e os acessorios dos mesmos. Tenho pesquisado e encontrei a Medtronic e a Accu Cheeck, mas nao sei avaliar que tipo de bomba é melhor para ela.
    Voce pode me dar alguma dica?
    Aguardo resposta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s