Minha Filha Diabética

Uma vida mais doce após o diabetes tipo 1!

Luana, 4 anos, diabética há 3 !!

7 Comentários

Essa é a história da Jana, mãe da Luana. Que susto, hein, moça…. e você grávida??? Posso imaginar seu desespero.

Janaina, mãe da Luana – 4 anos, diabetes desde agosto/2007.

Olá, eu sou a Janaina de Belo Horizonte, designer de produtos, casada com o Ricardo – militar e mãe da Luana – diabética (4anos) e do Henrique – não diabético (2anos).

A Luana tem 4anos e 9meses e descobrimos a diabetes há três anos… ela tinha 1ano e 9meses (Agosto/2007)…

A gente fica tentando achar os porquês disso acontecer, e justo com nossos filhos! E tome terapia nela… na mãe claro!

Foi um choque daqueles, pq nunca nem tinha ouvido falar que criança podia ter diabetes… ela teve vários quadros infecciosos em um curto espaço de tempo – começou com uma conjuntivite, depois ouvido e depois catapora. Emagreceu muito e começou a comer demais… mas pensei que fosse para se recuperar… depois começou a fazer muito xixi e beber muita água.

Corri no Google e digitei lá “muito xixi e muita sede” aí vi que podia ser diabetes… meu mundo começou a cair… estava no trabalho, pedi para ir embora e a levei na pediatra. Ela ficou tentando me acalmar que não era nada disso – porque além de tudo eu estava grávida de 5 meses do meu segundo filho Henrique. Mas diante da minha insistência pediu exame de sangue da Luana. Fomos no outro dia fazer os exames de manhã em jejum, que ficaria pronto em 24 horas, mas não deu tempo nem de pegar o resultado porque quando eu cheguei do trabalho encontrei minha filha prostrada, não aguentava nem se sentar, com dificuldade para respirar…  liguei pra médica e ela me mandou ir para o hospital imediatamente.

Quando chegamos ao hospital, contando pro médico de plantão tudo oq tinha acontecido e ele andando pra lá e pra cá, e eu achando que ele não estava me dando atenção, quando na verdade ele estava era correndo para salvar a vida da minha filha, pq ela já estava entrando em coma diabético. Colocaram-na no oxigênio, fizeram a glicemia que deu HI, e eu sem ter idéia do que estava por vir… fizeram o exame de sangue laboratorial e veio a confirmação.

Ela teve que ser transferida de hospital pq no Hospital Militar não tinha CTI infantil, e isso já era mais ou menos 01 hora da manhã. E eu vendo a médica arrumar a ambulância para a transferência… oxigênio, tábua de ressuscitação, desfibrilador, etc… ali eu pensei que minha filha estava morrendo!

Chegamos ao hospital Belo Horizonte para a internação e ter que deixar minha filha lá e ir embora, não foi fácil. Foram dez dias de internação, com certeza os piores da minha vida. 5 dia de CTI e 5 dias no quarto.

Enquanto ela estava no CTI eu chegava lá as 8:00 e saia as 22 ou 23 horas… até a hora que o médico me mandava ir embora. E quando ela foi para o quarto eu me internei com ela. A médica só deu alta pra Luana quando já tínhamos o aparelho glicosímetro e aptos a administrar a insulina – eu e o Ricardo – pai, que sempre foi atencioso e interessado a aprender e a cuidar da Luana.

E com o apoio do meu marido, ainda fiquei trabalhando até o nascimento do Henrique. Mas depois não deu mais para trabalhar fora… com um recém nascido e uma filha recém diabética, que precisava mais de mim do que o próprio irmão, não tinha como continuar.

Voltei a trabalhar esse ano, depois de dois anos fora do mercado… é bom ficar uma parte do dia sem me preocupar com a diabetes.

Tem sido uma difícil tarefa controlar a diabetes… O organismo da Luana se mostrou muito resistente à insulina NPH que depois de um ano mais ou menos de uso, com a glicohemoglobina na casa dos 10,5%,  mudamos para a Levemir que melhorou o resultado um pouco, mas desde que mudamos para a Lantus o resultado tem sido melhor… e sempre combinando a insulina Lispro, com a glicohemoglobina a 8,0%.

Mas diabetes não é matemática, não é exata… não, não é! Porque tem dia em que a Luana tomou a insulina direito, alimentação certa, e chega na hora do almoço com glicemia passando dos 300… como pode? E no outro dia… glicemia normal… Acho que isso é o mais difícil de lidar… essa instabilidade constante.

Mas pelos nossos filhos, sei que podemos fazer tudo, até enfrentar o diabetes.

Fico feliz de ter encontrado este blog, para poder dividir e aprender com vocês cada vez mais. Parabéns Nicole pela iniciativa e obrigada pela acolhida.

Um grande beijo a todos,

Jana

 

Anúncios

7 pensamentos sobre “Luana, 4 anos, diabética há 3 !!

  1. Oiiii Nic

    To meia ausente……… sabe como é Vini tem passado uma semanas que não deixa tempo pra nada, essa HIPO que não vai embora tenho que estar muito atenta.
    São tantas familias que sofrem com essa DM1 nossa gente……….
    As vezes tenho vontade de gritar mas bem alto CADE A CURA ??? cadê…. o Vini tem reclamado da perna que doi, pq tem que fazer o destro ele diz vc já fez ontem…….e gente mãe fica como ????? passada né….. mas temos que reunir força lá de dentro e ficar firme e enfrentar e bola pra frente.

    Essa semana li o jornal agora que diz: Cão avisa diabética sobre taxa de glicose. Diz que o cão labrador está sendo treinado para detectar odor exalado pelo corpo, ela avisar a mudança taxa de açuçar. a garotinha disse que a cachorra já salvou sua vida varias vezes.
    Os cães são treinador pela entidade Cancer & Bio-detection

    E nessa noticias que me deixa um pouquinho feliz

    beijos a todas

  2. Jana:
    tens toda a razão, a diabetes é influenciada por factores que nem sabemos, os níveis de glicose são alterados por vezes só pq o diabéticonão descansou o que deveria.
    Sou diabética há 25 anos e mãe de uma menina tb diabética. Tal como tu o mundo cai-me em cima, o interna,mente então marca-nos muito, é muito mau para passar da nossa memória nãoé?
    Força minha querida….muita!
    Engraçado, a minha filha bebé chama-se Luana 🙂

    Bjinho
    Visita-me em http://diabetesnacrianca.blogspot.com

  3. Nossa, levei um susto com o comecinho da história. Graças a Deus tudo ficou bem, e espero que fique cada vez melhor. Adorei essa sessão no blog, de mostrar o desabafo e dar um espacinho pros leitores mostrarem um pouquinho de suas vidas…
    Tenho uma amiga que tbm tem um blog sobre diabetes, ela ta fazendo um sorteio de um medidor de glicose lá, se for interessante pra vc aqui está o link:
    http://www.blogueiradiabetica.com.br
    Beijos e parabéns pelo blog

  4. Ola querida tudo bem?
    Entao, meu nome é viviane tenho 21 anos e sou diabetica desde os 16 anos, qndo começei a ler o seu depoimento começei a chorar porq estava me vendo nessa situação.
    Em um dia de aula eu começei a suar frio e tremer nao sabia o q estava acontecendo, achei q fosse a pressao q estivesse baixado, ate q desmaiei e acordei no hospital no CTI com minhaa mae do meu lado chorando, nao conseguia fala nada pois estava com uns tubos na garganta e nao sabia porq, eu chorava pois queria sai dali e nao conseguia. foi um sufoco ate q 48 horas depois eu consegui fala com minha mae e pedir agua pois estava com tanta sede q nao sabia porq…entao foi onde q o medico falo q eu entrei em coma diabetico e quase morri o medico falo q foi um milagre pois fiz o teste glisemico e meu diabetes estava acima de 700 o medico falo q era um milagre eu estar viva. A partir daquele momento meu mundo parou, parei de comer doces, massas emagreci muitoo, entrei em depressao, eu anao consegui nem ir em festas porq nao conseguia ver as outras pessoas comendo ou bebendo.
    Hoje eu vivo com um monte de problemas ate uma gripe pode me mata, tenho a imunidade muito baixa e o meu maior sonho, o de ser mae nao poderei realizar pois os medicos dizem q nao sabem quem sobrevive se é eu ou o bebê. Vivo dessa forma com medo de um dia morrer por conta desse problemas, mas tenho ao meu lado minha familia q cuida de mim e eu me cuido tambem, entao cuida da sua filha muito bem para q no futuro ela nao venha a ter maiores complicações pois sei como é dificil pra uma criança ser privada de muitas coisas, mas isso vale uma vida..

    beijos

  5. Meninas… Que bom achei vcs! Tenho médico na semana que vem… E já estou com resultado de urina das minhas filhas… Mas um resultado me deixou com medo, e ate eu esperar semana que vem , eu morro de tanto chorar… O exame esta com o cetona como positivo … Seria diabetes?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s