Minha Filha Diabética

Uma vida mais doce após o diabetes tipo 1!

Diferenças no tratamento de Diabetes tipo 1.

7 Comentários

Eu acho super curioso as várias maneiras que os médicos tem de tratar as mesmas doenças. Apesar de eu saber que EXISTE UM CONSENSO sobre qual seria o melhor tratamento para cada uma delas. Ele está no site da Sociedade Brasileira de Diabetes. Mas aí, varia de médico pra médico.

 E com que frequência seu médico participa das atualizações, congressos, cursos, reciclagens, simpósios??? Você sabe? Eu não sei. Será que o tratamento que ele está propondo pra você é o melhor mesmo? Mais adequado? Mais atual?

Esse post não é pra fazer você duvidar do seu médico. Não mesmo. O nosso médico tem que ser o cara em que a gente confia de olhos fechado, à distância. É o cara que vai cuidar SIMPLESMENTE DA VIDA do seu filho.  É o cara que vai te dizer o que fazer. É o cara no qual você vai basear todo os passos que você tomar em relação ao cuidados que você tem em casa com seu filho. Seu médico tem que ser O CARA. E como você, que não entende nada, vai saber que o que o médico tá falando, é o melhor mesmo pro seu filho? Ou você entrega nas mãos de Deus e confia ou você vai ter que estudar, caro leitor. Estudar MUITO. Pesquisar. Fazer cursos. Participar de palestras. De congresso. Infelizmente, não dá pra deixar TUDO na mão do teu médico. Porque além de você, ele cuida de mais trocentos. Existem diversos tipo de profissionais. Em todas as áreas dá pra perceber que o empenho que se tem com a própria vida  profissional varia muito de pessoa pra pessoa, quando mais o empenho com a vida do outro. Eu tô falando sim de atualização.

Como quem  não quer nada, pergunte se ele faz parte da SBD, pergunte se tem artigos publicados, entrevistas em revista, ou faça você mesmo uma busca na internet, veja o que mais o seu médico faz fora do consultório. Pergunte qual foi o último congresso que ele participou. Tem vergonha? Pergunte pra secretária. Você tem o direito de saber, não acha? Ainda mais agora que a internet tá aí, pra quem quiser se informar. Hoje, os pacientes são muito melhor informados do que antigamente, e isso obriga os médicos a se informarem também. Deixe seu médico perceber que você sabe sim do que se trata a doença de seu filho, deixe ele saber que você participa dos eventos, que lê bastante. Mostre uma postura ativa com relação ao diabetes. Não se deixe enganar. Não vá pelo mais fácil. Seja uma pessoa crítica. É A VIDA DO SEU FILHO, é a sua vida também. Combinado? Seja chata, pergunte tudo, faça anotações. Entre as consultas, em casa, anote as dúvidas corriqueiras. Vá preparada para a consulta. Sugue (?) o máximo do seu médico.

Artigos:
Atualização Brasileira sobre Diabetes
Posicionamentos Oficiais SBD

E se depois de ler tudo isso, converse com seu médico o que achar necessário, o que achar diferente. Ele tem que ser seu parceiro, andar ao seu lado.

Anúncios

7 pensamentos sobre “Diferenças no tratamento de Diabetes tipo 1.

  1. Nic,
    O que um medico diz tem que ter coerencia com pelo menos dois outros, quando o Igor estava internado, não aceitava a opinião deles porque alem de não haver coerencia no que diziam, os resultados eram pessimos, ora glicose na veia, ora insulina de ação rapida.
    A endocrino que chamei ao hospital, se mostrou segura no que fazia, de cara me mostrou os erros dos outros e no dia seguinte ja viamos o resultado do que nos propos.
    Uma nutricionista do SUS, me deixou assustado, numa consulta, me mostrou essas coisas de diet, gorduras, normal menos gordura, mas de um jeito que não gostou e pior, na frente do pai do Igor que passou a achar que toda essa coisa de contagem de carboidratos um exagero. Eu pedi pra não ser mais atendida por ela e expliquei minhas razões.
    Meu gineco é o mesmo há 14 anos, meu clinico também que agora será clinico do meu filho, completa 13 anos e não pode ser atendido por pediatra, a pediatra também é a mesma desde o primeiro filho.
    Se você faz acompanhamento com um medico em que pelo menos uma vez por ano você não for avisada que as consultas serão suspensas para ir a um congresso, corre desse medico.
    As atualizações em medicina estão voando, todos os dias coisas novas são descobertas.
    Eu sou do tipo, “me convence que estou errada!”

    beijinhos

  2. Nic ainda bem que nesse assunto me considero uma pessoa de sorte ,adoro minha SENSEI doutora AMOR e assim mesmo que ela se chama “AI ” amor em japones ela vive indo em palestras e ainda trabalha em um hospital universitario tb ,ela me aocnselha me escuta nao posso reclamar ,agora so eu que tenho que melhor minha parte .
    bjim

  3. Gostei bastante do post…sucesso total essa reportagem.
    Sabe, assistindo fico pensando e cada vez mais confusa.
    Vc tem razão, temos q nos informar cada vez mais em tudo na vida.
    Mas uma coisa me deixa curiosa: dietas.
    Sabe-se que tem q fazer etc, mas realmente, dentro da diabetes ou da hipoglicemia, somos orientados de formas diferentes.
    Dietas são coisa séria né, afinal mudamos habitos que tínhamos por decadas.
    Realmente a saída é sempre a informação…
    Fico feliz pelo empenho da medicina sobre esses assuntos.
    Em uma família de diabéticos por gerações, tipo 1 e mais do tipo 2, percebo avanços muito significantes.
    Arroz integral, frango cozido no vapor e salada sem sal me lembra infancia, essa era a alimentação de minha tia diabética tipo 2 em que eu passava fins de semana na casa dela. Fora a vitamina de frutas e leite magro de manhã com semente de girassol. Dieta siguida a risca! Nenhum deslize…anos 80…

  4. Os erros de português são fruto de digitação rápida….rs
    Não liguem por favor!

  5. eu gostei desse site, mas achei um pouquinho complicado , mas mesmo assim ta bom.
    Vc deveria dividir as coisas como: formas de tratamento,sintomas,causas.

    • Obrigada pela dica, mas essas informações técnicas estão em outros sites, como o da Sociedade Brasileira de Diabetes, a ANAD, o meu blog tem mais o objetivo de relatar o dia a dia mesmo, do jeito que acontece, na ordem que acontece!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s