Minha Filha Diabética

Uma vida mais doce após o diabetes tipo 1!

Sobre a frequência de aplicação de insulina

30 Comentários

No começo do tratamento da Vittoria, eu e minha mãe achavamos o máximo ela tomar insulina só de manhã e passar o dia na faixa do 70mg/dl. Até ela começar a variar de 50mg/dl pra 350mg/dl todo santo dia. Até ela passar dias na faixa dos 200mg/dl. E o pior, os médicos da época nada fazerem pra mudar isso.

Uma das coisas com relação ao tratamento de crianças diabéticas que causa confusão é: A TAL DA CONTAGEM DE CARBOIDRATOS e a quantidade de insulina e de aplicações por dia.

Os dois primeiros médicos que consultei, nem comentaram sobre o assunto. NADA. ZERO. Me mandaram tirar todo o açúcar da dieta da Vittoria. TODO O AÇUCAR, tá. Minha sorte, foi que na mesma semana, fiz uma entrevista com uma nutricionista da ADJ, que me explicou BEEEEM melhor a questão da alimentação. E eu confiei nela. Mais que nos médicos. Porque eu acho SIM, que uma instituição, cheia de voluntários, que não lucra nada, está muito mais preocupada com a sua saúde do que alguns médicos que cobram 500,00 a consulta.

Eu só fui fazer a contagem de carboidratos depois de 1 ano e 2 meses de diabetes. Demorei porque não estava com saco de anotar tudo e fazer continhas. Porque num momento da minha vida eu fiz uma dieta que tinha que anotar tudo e odiei. Então eu não ia fazer. Ah, tem que fazer conta e regra de três e pesar comida… Deus me livre, não vou fazer isso não. Deve ser um porre. E é. Mas é esse porre que me tranquiliza. Que me dá segurança durante o dia. Eu sei o que aquilo que a Vivi comeu vai fazer no corpo dela. E essa segurança eu nunca tinha tido. E agora não fico sem. Se eu pretendo que minha filha use a bomba de insulina, por exemplo, que é o tratamento mais atual, eu preciso estar com a contagem de carboidratos na ponta dos dedos.

A contagem não significa comer o que quiser por saber o quanto de insulina vou precisar. Se fizermos isso, nosso filhos ficarão obesos e sem saúde. A contagem ajuda muito, mas a educação alimentar também. Tem que comer o que precisa. Tem que comer direito. Tem que balancear os nutrientes. Tem que fazer acompanhamento com a nutricionista. Algumas matérias sobre o assunto da SBD: Sociedade Brasileira de Diabetes

Contagem de carboidratos no tratamento de crianças e adolescentes com diabetes

Uma das coisas que o médico me explicou inúmeras vezes (até eu aceitar) sobre as várias aplicações de insulina ao longo do dia foi o seguinte. O pâncreas de uma pessoa que não tem diabetes funciona da seguinte maneira: (fiz um gráfico, hein… não ficou lá essas coisas mas dá pra entender)

Bom… a linha verde é a insulina basal que o pâncreas produz. Ninguém, sem diabetes, tem ZERO de insulina no corpo. Sempre tem uma quantidade de insulina e de glucagon (oposto da insulina, glicose). Quando uma pessoa não diabética se alimenta, o pâncreas automaticamente libera um tanto de insulina pra aquela quantidade de comida que a pessoa ingeriu, isso é a linha vermelha. Então, no café da manhã, nós comemos e é liberado um tanto de insulina, assim como no almoço, jantar e entre as refeições, quando fazemos um lanche, o pâncreas libera um pouco de insulina também, sempre de acordo com a quantidade de comida.

O ideal no tratamento do diabetes seria reproduzir o processo normal de um pâncreas. Ao longo do dia, uma quantidade de insulina basal (verde) e mais quantidades de insulina nas refeições. É justamente por isso que a contagem de CHO é importante. É necessário que se façam varias aplicações pra simular o que acontece normalmente. É o que eu faço. Por isso muita gente estranha quando eu digo que às vezes ela toma 6 injeções. São elas: Duas de basal, de manhã e de noite eeeee… quando necessário, aplicação no café, almoço, lanche da tarde e jantar.

Essa conduta de várias aplicações diárias é também o recomendado pela Joslin Diabetes Center que é a clínica TOP dos Estados Unidos, filiada a escola de medicina de Harvard. Esse esquema é também o que a bomba de insulina faz, ela é programada pra liberar uma quantidade de insulina basal ao longo do dia, por exemplo, 0,3U de inulina a cada hora ou duas horas, e toda vez que a pessoa come, ela insere a quantidade de CHO na bomba que libera a quantidade de insulina necessária.

Simples assim. Você pode adiar a contagem o quanto quiser. Espere o melhor momento pra você, pro seu filho, mas eu sinto que mais cedo ou mais tarde, você vai ter que se render a ela. De forma adequada, claro. Não pra poder simplesmente comer mais doces e fast food, ok?

Anúncios

30 pensamentos sobre “Sobre a frequência de aplicação de insulina

  1. Eu faço uma aplicação de Lantus pela manhã, e quando necessário, novorapid nas refeições, mas tenho tido bons resultados mesmo sem a novorapid… interessante seu post… geralmente não faço a contagem de carboidratos, até mesmo porque meu organismo reage muito bem com pouca insulina… cada dia me encanto mais com tua determinação de mãe… um beijo

    • Eu acho que com o adulto é diferente. Se a Vittoria comesse em todas as refeições uma quantidade legal de salada, verdura, legumes, ela certamente não precisaria de Novorapid em todas as refeições, pois apenas a basal daria conta. Mas como ela não come…. é um saco manter a glicemia num patamar legal… NO almoço, por exemplo, ela não tem mto apetite, come mto pouco e quase nunca toma a novorapid

    • E eu já notei também que quem usa a Lantus usa menos Novorapid…..

  2. Nic.
    A ingestão de frutas, verduras e legumes é fundamental, assim como a contagem de carboidratos.
    No dia seguinte a alta do Igor ja estavamos no consultorio da nutricionista e ja começamos com a contagem de carboidratos.
    Ja estamos além das espectativas para a lua de mel, não sei como será na proxima consulta, mas as aplicações da NovoRapíd são raras ja são 10 meses.
    O Igor também era chato pra comer legumes, mas consegui reverter isso, hoje já é automatico, so reclama quando eu não capricho no preparo.
    Vou tentar fazer um video dele comendo legumes pra ver se anima a Vivi.
    Quanto a Lantus eu também ja notei, até entre adultos. Ele usa por ser a que diminui os riscos de Hipo (ele não tem sintomas evidentes)

    Feliz dia das mães!!!!

  3. Oi Nic.
    Foram otimas as informações que vc me deu,vou conversar com a medica e tentar fazer a contagem,porque vc sabe como é duro negar comida pra filho. Eu achei que a insulina da Vivi fosse a lantus.
    O Bruno tinha muita hipo por isso nos mudamos pra lantus,depois disso ele só teve uma vez 57,e o incrivel é que ele tinha comido o famoso pão de queijo,logo depois ele começou a reclamar de fome e achei que era brincadeira quando medi deu 57.
    Sabe cada mãe tem um probleminha diferente o seu é a salada o meu é a aplicação da insulina.o bru não se aplica de jeito nenhummmmmmm já tentamos de td e tem mais só eu o pai é quem pode aplicar,como o ´pai viaja sobra td pra super Gisele.
    Bjs.

    • É Gilese, vai aprendendo pq vai ser super sempre ! hahahaha
      E realmente, cada um com seus problemas, né… afinal perfeição não existe… mas eles ainda são novos, acho que a tendência é melhorar !!

      Mas o Bruno chora nas aplicações??

  4. nic adorei o post ,ALIMENTACAO e um assunto que me encanta ,e adoro sempre saber como as pessoas se alimentam e sobre as usas dosagens ,olha o 0.3 u e minha basal das 7 da manha ate as 13 horas que aumenta pra 0.45 ,ate as 18 horas ,que aumenta pra 0.5 ate a meia noite que passa pra 0.7 ate as tres que passa pra 0.65 ,mais tudo isso depende da glicemia ,e vou mudando ao longo do dia ,normalmente eu mudo a das 18 agora por ex acadbei de diminuir pra 0.2 por que tava muito baixa minha glicemia ,hj nao inclui cho no jantar ,ai antes de dormir meco de novo e se estiver mais baixa que agora ( 127mg/dl uma hora depois de comer salada e carne ) ai eu diminuo as outras dosagens ,Nic acabei de dizer pro RE meus dedos estao acabados ,meco muito ,porque e o unico jeito de ir controlando a basal ! eu tb aplico insulina varias vezes por dia ,mais nunca passa de 30u por dia somando com basal ,30u e o dia que como cho em todas as refeicoes e inclusive nos lachinhos ,e sobre as verdurinhas se eu nao incluo nadinha minha glicemia sobe que nem balao rsrsrs ,ja me acostumei em incluir inclusive nos lanches >
    Nic vc esta de parabens pelo empenho ,hein me ensina como vc faz a continha ,eu tenho uma tabela e eleio rotulos ,mais fico bitolada comendo sempre a mesma coisa porque ja sei de cor o cho !
    bjim

  5. Esse teu bando de numeros deve ter deixado umas mães preocupadas hahahaha
    Mas diabetes é matemática e uma matemática que não é exata…. às vezes 2+2=4, às vezes 2+2=6 e também, pode ter um 2+2=1 !!!!

    A conta que eu faço é a regra de três pra descobrir qtos CHO tem o q ela comeu, mesmo pq no rótulo bem uma quantidade que nem sempre é a porção que ela come, então por exemplo…. uma barra de chocolade de 25g tem 28g de cho. E ela comeu 12h de chocolate… aí vou eu lá e monto (agora já faço na cabeça mesmo)
    25g chocolate = 18g cho
    12g chocolate = X g cho

    X= 18×12 / 25 = 8,64 g CHO !! Aí, como ela só toma insulina a partir de 15g CHO, nesse caso do chocolate, ela não tomaria a novorapid.

    Se no café da manhã ela acordou com um número ok e comeu 38g de CHO, eu divido 38 por 15 (que é a razão CHO/insulina) e descubro que tenho que dar 2,5U de novorapid.

  6. Nic,o Bruno não chora mais,masssssss reclama muito que doi,antes ele usava uma caneta branca e não doia mas ela quebrou e eu troquei pela verde porque a branca não fabricam mais(a de visor digital),dessa caneta ele reclama muito,eu encontrei uma mãe no consutorio que teve de voltar a aplicar a insulina com a seringa de tanto que a menina chorava com essa caneta verde.
    A Vi usa caneta tb,qual é ? bjs

  7. Ela usa as canetas de refil para a Levemir e Novorapid. Da própria NovoNordisk. Eu não confio em caneta digital, viu. Sei lá, acho que a manual é mais certeza.

    E como pode doer mais se a agulha é a mesma? Será que é a velocidade com que injeta??? Vá apertando devagarinho… unidade por unidade… sei lá….

    Não acredito que mude tanto de caneta pra caneta, de seringa pra caneta… acho sim que as crianças são manhoooooosas hahahahaha

    Sabe o que eu percebi com a Vittoria e que ningueeeem acredita… ela prefere a agulha mais longa, a de 8mm, a de 5 e 6 ficam numa região mais sensível, a de 8, por ir mais fundo, sai dessa area de nervinhos…. qto mais superfícial, mais dói. Que tamanho de agulha vc usa?

  8. O Bruno usa a de 5mm,mas eu tenho uma caixa da 8mm vou fazer um teste pra ver se melhora.Ela nunca usou a lantus ou é a mesma insulina (glargina)? A caneta digital era muito pesada e o visor apagava. A novorapid dele deve ser igual a dela da caneta azul. Voce ta certa quanto a velocidade porque ele falou que arde quando injeta e a outra não ardia e olha que eu deixo a caneta em cima da pia porque gelada arde mais.Tomara que descubram um comprido que subistitua as canetas,eu torço por isso todos os dias rsrsrsr.

    • Eu acho que ele vai gostar muito da agulha maior, viu. Não fala nada pra ele, muda e ponto.
      A Novorapid é a mesma. Caneta azul marinho e laranja.
      A Vivi nunca tomou a Lantus. A Levemir é a detemir, ela não dua 24hrs, dura em torno de 18hrs.
      COmo eu disse, caneta digital pra mim é fria, deve ter te deixado na mão algumas vezes.
      E, os médicos dizem que a lenta é mais ácida, por isso dói mais. Mas a vivi reclama mais da rápida, vai entender !!!!

  9. nic a POMPITA me deixa assim preguisosa ou eu posso abusar da tecnologia ,no meu dia a dia procura nao comer mais de 30 grs de CHO nas principais refeicoes ,por que ainda tem os lanches ,normalmente barrinha de cereal com 8grs ai tiro a glicemia antes de comer ela desconta a insulina ativa e me da a quantidade de bolus que devo aplicar ai aplico e faco isso novamente quando vou comer de novo ,ou quando meco a glicemia novamente depois de um tempo e sei la proque das quantas to com hiper ,ai ela leva em conta insulina ativa e que eu nao vou ingerir nada e me da uma quantidade pra correcao ,as vezes a insulina aintda esta ativa e precisa de apenas um poukinho ,mais ai e com ela eu nao me meto rsrsrs .
    bjim
    obrigado ,
    PS:junto com meu diarinho tem uma calculadorinha e na minha cozinha balancinha colheres e copinhos pra medir a comida .

  10. Esta semana levei uma bronca da minha médica porque não estou fazendo a contagem de carboidratos. Eu acho que não adianta nada.
    Ela disse que estou me auto-medicando. Ela me perguntou quanto de insulina estou aplicando, aí eu respondi: Ah, quando como pão aplico umas 10. E ela me disse: mas como vc sabe que é o suficiente? Ah, pq eu acho. Ela disse: ah,vc acha. Daqui uns tempos vc vai ter uma convulsao, pois a sua glicada está em 5,5% e isto quer dizer que a sua média é de 50 a 60 antes ou depois das refeições. Fiquei assustada. Já fui numa nutro de diabetes, mas fiquei brava, ela não me explicou tudo o que eu queria saber. Na verdade, eu queria participar daqueles cursos de Contagem, mas a maioria é voltada para profissionais.
    Nicole, onde podemos comprar essas balancinhas????/

    • Eh Karin, nem vou falar nada pq a bronca foi bem dada.
      Aqui em sp tem curso pra quem não é profissional.
      Tenho bastante material, posso te mandar.
      O que vc queria saber q ela nao te explicou?

      A balança pequena eu comprei pela internet, não me lembro se coloquei o link no post que falo sobre ela. A outra comprei aqui memso, numa loja.

      na internet vc acha, com certeza. Aí onde vc mora tb, nessas lojas que vendem coisas da China rsss

  11. A nutricionista simplesmente me passou o seguinte: olha Karin, vc pode comer dois pãos franceses e aplicar 5U de rápida. Deve haver algo mais, pq a qtde de insulina varia de acordo com a pessoa (peso e altura) e se faz ou não exercícios físicos. Se eu comer um pão frances 5U de rápida é pouco pra mim. Preciso de muito mais!
    Se quiser me mandar por email, agradeço!!!!!!!
    *:::karinjantsch1@gmail.com:::*
    Vou comprar uma balancinha pra mim, acho importante. Não consifo fazer no olho. Rssss
    Obrigada Nicole!!!

  12. karin se eu poder te ajudar de alguma forma ,pode falar ta?
    fica bem
    bjim

  13. Minha filha tem diabetes tipo 1 e toma insulina duas vezes ao dia gostaria de saber se no Brasil ja existe este aparelho q/ aplica e controla a glicosa no corpo da criança. Por favor mim ajuda minha filha também tem Sindrome down, porisso q/ eu gostaria de propocionar uma vida melhor para ela gostaria de receber informações no e-mail magalitaves@bol.com.br eu nunca consego assistir as reportagem por quê geralmente chego do trabalho as 21:30.

    • Eu conheço esse medidor de glicemia que fica no corpo. Nâo sei se tem no Brasil. Procure por medidor de glicemia contínuo, sensor contínuo de glicemia !!!

  14. Olá,

    estou desesperada. Desculpe escrever assim mas o caso da minha filha está bem complicado e acho que você pode me ajudar. Descobrimos o diabete há 3 semanas, ela está tomando insulina 3x ao dia (manhã, antes do almoço e antes da janta). Como você faz com a Vitória, o que ela leva de lanchinho para a escola e o que ela come antes de dormir e quanto tempo antes. A Bianca está tendo hipoglicemia noturna. Estou aprendendo a contagem, mas estou com dificuldade. Tem como me explicar?

    Desculpe o incômodo, mas te ahcei bem experiente.

    Abraços

  15. Gostaria de receber uma tabela para controlar mais meu diabetes. Por exemplo….quando eu estou com a glicose a 103 antes do cafe da manha….quanto de insulina que eu devo tomar….fiz reducao de estomago e a minha glicose esta mais ou menos no padao….estou tomando entre 16 a 18 unidades ….mas nao sei se esta certo.

    • Oi Rachel,
      A única pessoa que pode te ajudar é seu médico.
      Só ele sabe as quantidades de insulina que você precisa.
      Se acha que algo não está certo, converse com ele.

      Abraços,
      Nicole

  16. Nicole, sou diabética e realmente existe uma dúvida que assombra a mim e a minha família. Eu, tomando insulina todos os dias (Lantus pela manhã de jejum) e NovoRapid a cada refeição, posso comer de tudo, tudo mesmo, desde que eu faça a aplicação dela de acordo com a quantidade e contagem dos carboidratos? Obrigada.

    • Eu creio que sim, você pode acomer absolutamente tudo, mas como todo mundo, você tem que pensar se vale a pena comer tudo e a quantidade do tudo que você quer comer!!!

      Se começar a comer o que vier na telha e aplicar insulina, vai ficar gorda, se ficar gorda, vai cada vez mais precisar de insulina.

      Então pense bem.

  17. Olá Nicole, minha filha tem diabete tipo 1 desde os 2 anos de idade e hoje ela está com 8 anos, quando descobri foi devido ela ter emagrecido muito e eu ter achado uma calcinha dela no sexto de roupas sujas muita formiga no fundo da calcinha dela, fiz o exame e foi descoberto a diabete. Levei ela em vários endocrinologistas, ela usou por 2 anos a NPH/R mas sempre tinha crises de hipoglicemia, então uma pessoa me indicou uma médica endocrinologista DRª Maria Delzita Neves do Rio de Janeiro, foi onde ela passou a Lantus e a novorapid e junto a contagem de carboidratos e me deu um livro que se chama contagem de carboidratos com todos os tipos de alimentos já com a continha feita, por ex: se ela comer 1 pirulito eu abro o livro vou na parte de doce e procuro pelo pirulito que equivale a 19g de carboidratos, a unica coisa trabalhosa é ter que carregar esse livrinho por todo lado mas é bem melhor que fazer continha sempre, pois 1unidade da novorapid equivale a 20g de carboidratos entao ela comendo o pirulito não precisa tomar a novorapid..fica aqui minha dica caso queira mais informações da Drª Maria Delzita Neves só me pedir, espero ter ajudado em alguma coisa! Bjs

  18. nós pais e maês de filhos diabéticos,queremos tanto controlar a doença que chegamos a nos esquecer o quanto é doloroso pra uma criança tomar uma agulhada,imaginem ate seis?fora a agulahada dos dedinhos,alguem se habilita a se furar junto com seu bebe diariamente?

  19. Olá, também tenho diabetes, desde dos 16 anos, hoje tenho 19 anos. No início (e ainda hoje) sofri/sofro por conta das duvidas sobre a minha doença. Eu sei que tenho uma vida saudável, que devo fazer a dieta para se ter um controle maior sobre minha glicose, porém nunca tive acompanhamento com nutricionistas para saber realmente o que devo comer e esses tais de carboidratos sempre acabando comigo. Clínicos e endocrinologistas me consultaram apenas no início da “descoberta”, o que me deixa totalmente desconfortável com esta situação de diabéticos.
    Agora estou, digamos, com uma glicose desregulada. Estou fazendo o meu possível para deixá-la na fase de 70mg/dl, porém é muito complicado fazer isso quando não se tem acompanhamento de um médico (comecei a entender a sujeira que é este SUS).
    Geralmente a minha glicose varia, hoje quando acordei ela estava bem baixa (58 mg/dl), ontem ela já estava bem altinha, 178mg/dl.
    Gostei do seu texto, publique sempre mais. Pelo menos não vou estar me sentindo “sozinho” nesta luta que é diária e que não é só minha!

  20. Preciso muito, mas muito mesmo de um bom endocrino e nutri que trabalhem com contagem de carboidrato. Gente, moro em Itu, mas minha irmã mora em Valença. Interior do Rio é uma luta!!!! Ela trocou agora pra Levemir, pois começou a ter muita crise de hipo. Estamos enrolados, pois a endocrino dela não trabalha com contagem. Agradeco muito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s