Minha Filha Diabética

Uma vida mais doce após o diabetes tipo 1!

Não precisa ter pena, não !!

2 Comentários

Pena eu tenho das crianças do Haiti, que sobreviveram e perderam todos da família. Pena eu tenho de uma menininha de 2 anos que foi estuprada até morrer pelo padrasto. Pena eu tenho dos animais abandonados… e de uma menina de 6 anos que a mãe tem coragem de fazer LUZES no cabelo longo até a cintura da garota…

Que inclusive foi a primeira aniversariante da escola nova das minhas filhas. Cheguei no ‘play’ de um shopping, todas correndo pra lá e pra cá e eu sem conhecer ninguém. Tudo bem. Dos problemas esse é ridículo, e eu nem ando muito com vontade de conhecer gente e ficar falando da minha vida.

Na hora do ‘parabéns’, Maria Vittoria grudou na mesa com o bolo e os doces… e como não tinha comido nada a festa toda, eu cheguei pertinho dela e falei PRA ELA: Você pode escolher entre 4, 5 docinhos ou um pedaço de bolo e 1 docinho. E ela fez a escolha dela. Na mesma hora ví uma mãe do meu lado com aquele olhar de reprovação: “Que horror, que mãe chata” e ela lançou: “-deixe a menina comer sossegada.” Não aguentei: Ela vai comer o suficiente, o razoável ela é diabética e não pode comer doces a vontade, e mesmo se não fosse, ninguém deveria comer doces a vontade. [ok, exagerei].

“Ai, nossa, ela já é diabética? Coitada”. Correu e contou pra mãe da aniversariante, que já chegou perto da gente com aquela cara de espanto e perguntou : É ela que é diabética? [“SIM”], – mas ela é da sala da minha filha!? [“SIM”] Tadinha.. e foi contado pra todos os convidados da festa. [confesso que nem entendi o porque mas parecia a maior fofoca do ano]

As avós que estavam presente fizeram uma volta em torno de mim me enchendo de perguntas e se mostrando solidárias e querendo saber do tratamento, e do meu [ex] marido e aí já queriam saber porque eu me separei e uma delas: “desculpa perguntar mas, foi mulher, né” [Não, não foi não].. e enquanto essa conversa agradável se dava, eu via o burburinho de mães e vai e vem e gente apontando pra mim e pra Vittoria e comentando: “Judiação “…

Tudo bem… nem todo mundo sabe que crianças pequenas tem diabetes. Mas essa agitação toda me incomodou. E do jeito que ela se formou, ela terminou. E ninguém mais conversou comigo.

Enfim… não tenham pena. Concordo que não é uma coisa legal de se ver. Mas pena não. Ela não tem culpa, ela é nova, vai ter que superar muita coisa, mas não é uma coitada. Combinado?!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Não precisa ter pena, não !!

  1. Eu fico P. da vida com esse tipo de atitude…
    Estou em dias de revolta…
    É barra!!!
    Mas me renovo.
    Estou tatuando uma fenix nas costas, é realmente pra me marcar, lembrar todos os dias que por pior que seja que preciso renascer.

  2. É realmente e muito difícil ter que conviver com pessoas pobres de espirito,acontece com o meu filho o tempo todo eles dizem ,nossa nem parece que ele é diabético,porque ele é muito grande para a idade e tem cara de saudável,eu respondo graças a Deus meu filho é saudável sim ele só não pode exagerar como todos não podemos,e fazer atividade física como todas crianças da idade dele.Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s